Palestrantes

Palestrantes confirmados até o momento:

Alexandre Fabiano Mendes: Professor de Direito Urbanístico e Instituições de Direito – PUC-RJ. Doutor em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ (2012). Mestre em Criminologia e Direito Penal pela Universidade Cândido Mendes – UCAM (2007). Graduado em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ (2004). Foi Defensor Público do Estado do Rio de Janeiro, entre 2006 e 2011, tendo coordenado o Núcleo de Terras e Habitação (2010). No mesmo ano (2010), o Núcleo de Terras e Habitação foi agraciado com a Medalha Tiradentes, mais alta condecoração da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, por seus serviços prestados à população, em especial moradores de comunidades e favelas. Atualmente pesquisa Teoria Política e Teoria do Direito com as seguintes ênfases: Teoria Crítica do Direito e dos Direitos Humanos, Direito do Comum (Produção Social e Bens Comuns), Direito à Cidade e Criminologia. Além disso, realiza investigações em Sociologia Jurídica e Sociologia Urbana. Participa de diversas atividades relacionadas aos movimentos sociais urbanos, em especial sobre a proteção e promoção do direito à moradia e à cidade. É pesquisador associado do Laboratório Território e Comunicação – LABTEC / UFRJ. É articulador do Fórum Justiça. Publicou, com Bruno Cava, o livro “A vida dos direitos. Violência e Modernidade em Foucault e Agamben (2006). É co-editor da Revista Lugar Comum: Estudos de Mídia, Cultura e Democracia (UFRJ) e Revista Global (Ponto de Mídia Livre).

Alexandre Nodari:  é mestre (com dissertação sobre a Antropofagia) e doutor (com tese sobre o conceito de censura) em Teoria Literária pelo PPGL/UFSC. Co-ministrou, com Eduardo Viveiros de Castro, o seminário de pós-graduação Do matriarcado primitivo à sociedade contra o Estado: cartografia da hipótese antropofágica no Museu Nacional/UFRJ (2012). Colaborou em volumes coletivos (como Antropofagia hoje?, Teoria, poesia, crítica, Experiencia, cuerpo y subjetividades, e O comum e a experiência da linguagem) e publicou artigos em periódicos nacionais e internacionais. Em 2011, co-ministrou algumas sessões do seminário de pós-graduação (na UBA) Sacro Poder , a cargo de Fabián Ludueña e Emanuele Coccia. É editor da Cultura e Barbárie e do panfleto político-cultural Sopro (http://www.culturaebarbarie.org/sopro), e integrante da #ATOA. Parecerista de diversas revistas acadêmicas, como a Landa e a Prisma Jurídico.

Diego Cervelin: Doutorando em Teoria Literária no Curso de Pós-Graduação em Literatura da Universidade Federal de Santa Catarina, onde desenvolve trabalho de pesquisa sobre a poética de Jorge de Lima, sob a orientação da Profª. Drª. Susana Célia Leandro Scramim, na condição de bolsista do CNPq. Mestre em Teoria Literária (2012) pela Universidade Federal de Santa Catarina, com dissertação intitulada "Fluxo da Invenção e Emergência da Imaginação nas Galáxias de Haroldo de Campos", sob a orientação da Profª. Drª. Susana Célia Leandro Scramim, com o apoio do CNPq. Mestre em Humanidades (2011) no programa de Estudos Latino-Americanos e Caribenhos da Universidade de Leiden (Universiteit Leiden – Holanda), com dissertação intitulada “O ter lugar da linguagem nas Galáxias”, sob a orientação da Profª. Drª. Luz Rodríguez Carranza, com apoio da bolsa LExS. Graduado em Direito (2008) pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Elson Manoel Pereira: Pesquisador do CNPq. Graduado pela Universidade Federal de Santa Catarina (1985), mestrado em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (1992), doutorado em Doctorat Urbanisme et Aménagement – Institut d’Urbanisme de Grenoble (1999) e Pós-doutorado no Institut de Geographie Alpine (Grenoble). Atualmente é professor de Planejamento Urbano do curso de Geografia da Universidade Federal de Santa Catarina; vice-diretor doCentro de Comunicação e Expressão da UFSC e vice coordenador do Programa de Pós-Gradução em Geografia; foi Secretário Executivo da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional – ANPUR. Foi conselheiro do Conselho Gestor do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social, representante da ANPUR no período 2009-2011. Foi coordenador do Plano Diretor para o Campus Universitário da UFSC. Fez parte da representação da UFSC no Núcleo Gestor do Plano Diretor de Florianópolis; é parecerista ad-hoc do CNPq e do Scientific Electronic Library Online – SciELO – Brasil.; é professor visitante do Instituto de Urbanismo de Grenoble-França e professor convidado da Universidade de Quebec em Montreal (UQAM); é Consultor da CAPES, membro da Comissão de Avaliação da Pós-Graduação em Geografia. Foi candidato a prefeito de Florianópolis-SC. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Urbana, atuando principalmente nos seguintes temas: planejamento urbano, espaço urbano, urbanismo, participação popular e políticas públicas.

João Sette Whitaker Ferreira: Professor Livre-Docente da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (1990) e em Economia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1993), Mestre em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (1998), Doutor em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (2003) e Livre-Docente também pela FAUUSP (2013). Prêmio de melhor tese de Doutorado pela Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional (ANPUR – 2005).É professor Associado nos cursos de graduação e pós-graduação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo e é Vice-coordenador da Área de Concentração Habitat do Programa de Pós-Graduação da FAUUSP. É coordenador e pesquisador sênior do Laboratório de Habitação e Assentamentos Humanos (LabHab) da FAUUSP e co-líder do Grupo de Pesquisa Projeto, Produção e Gestão da Habitação Social no Brasil, na FAU Mackenzie. Professor Visitante 2011-2012 no Institut de Hautes Études de l´Amérique Latine – IHEAL, Université de Paris 3 – Sorbonne Nouvelle. Foi professor associado da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie-SP de 2003 a 2013. É consultor na área de Arquitetura e Urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: políticas habitacionais, habitação social, desenvolvimento ambiental urbano, instrumentos urbanísticos e estatuto da cidade, economia urbana e mercado imobiliário, globalização e cidades-globais. Autor do livro “O mito da cidade-global: o papel d idelogia na produção do espaço urbano” (Vozes, 2007), de “Produzir casas ou construir cidades? Desafios para um novo Brasil urbano” (Coordenador – FUPAM/LabHab-FAUUSP, 2012) e de vários capítulos de livros e artigos.

Leandro Gorsdorf: Possui graduação em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1998) e mestrado em Direito pela Universidade Federal do Paraná (2004). Atualmente é professor-assistente da Universidade Federal do Paraná e conselheiro da entidade de direitos humanos – Terra de Direitos. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito, atuando principalmente nos seguintes temas: direitos humanos, direito urbanístico e direito e arte.

Maria Inês Sugai: Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, titulo de Mestre e de Doutor em Arquitetura e Urbanismo pela FAU-USP. Desde 1979 é docente da Universidade Federal de Santa Catarina, onde atualmente é Professora Associada, lecionando no Curso de Graduação em Arquitetura e Urbanismo e no PGAU-Cidade, Programa de Pós-Graduação em Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade, ambos da UFSC. Foi Coordenadora do PGAU-Cidade no período 2010-2012, Sub-Coordenadora do PGAU-Cidade na gestão 2008-2010, Coordenadora do Curso de Arquitetura e Urbanismo/UFSC, no período 2004-2006, Sub-Chefe do Departamento de Arquitetura e Urbanismo no período 2004-2005 e membro da Câmara de Ensino de Graduação da UFSC, periodo 2004-2006. Foi membro da diretoria da ANPUR (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional), gestão 2009-2011, no cargo de Secretária Adjunta. Coordena o grupo de pesquisa SITUS- Território, Arquitetura e Cidadania, vinculado ao Departamento de Arquitetura e Urbanismo/CTC/UFSC. É membro do CONCIDADES, Conselho Estadual das Cidades do Estado de Santa Catarina, como representante da UFSC. Possui experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Planejamento Urbano e em Projeto Arquitetônico, atuando principalmente nos seguintes temas de pesquisa: planejamento urbano, segregação socioespacial, informalidade urbana, habitação de interesse social.

Marildo Menegat: Possui graduação em Filosofia (UFRJ – 1992), mestrado em Filosofia (UFRJ – 1995) e doutorado em Filosofia (UFRJ – 2001). Atualmente é professor adjunto IV na Escola de Serviço Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Filosofia Social, Filosofia Política, Teoria Crítica e Estudos de Cultura, atuando principalmente nos seguintes temas: barbárie, violência, teoria política, criminologia crítica, cultura popular.

Rafael Cataneo Becker: Graduado em direito pela UFSC (2007-2011). Mestre em direito pela PUC-Rio (2012-2013). Título da dissertação: Direito e poder em Vigiar e punir: os conceitos de dispositivo e diagrama em Michel Foucault (uma leitura a partir de Gilles Deleuze).

Thiago Hoshino: Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Paraná. Mestre em Direito do Estado pelo Programa de Pós-Graduação em Direito da UFPR. Pesquisador do Núcleo de Estudos em Direito Administrativo, Ambiental e Urbanístico (PROPOLIS/PPGD-UFPR), do INCT Observatório das Metrópoles e do Instituto Brasileiro de História do Direito (IBHD). Membro-associado do Fórum Paranaense das Religiões de Matriz Africana (FPRMA), do Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico (IBDU) e do Projeto de Extensão "Cidade em Debate". Desenvolve investigação nas áreas de Direitos Humanos, História do Direito, Antropologia Jurídica e Direito Urbanístico. Atua profissionalmente como assessor jurídico do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Habitação e Urbanismo do Ministério Público do Estado do Paraná e como professor da disciplina de Direitos Reais no curso de Pós-Graduação da Fundação Escola do Ministério Público do Estado do Paraná. Integra o corpo de pareceristas ad hoc da Revista de Direito da Cidade da Universidade Estadual do Rio de Janeiro.

Vera Pereira de Andrade: Pós-Doutora em Criminologia e Direito Penal pela Universidade de Buenos Aires e pela Universidade Federal do Paraná. Professora visitante no Instituto Internacional de Sociologia Jurídica de Oñati, Espanha.Doutora e Mestre em Direito pelo Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa Catarina. Especialista em Direito pela Universidade de Santa Cruz do Sul. Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal de Santa Maria. Professora titular da Universidade Federal de Santa Catarina, atuando em nível de Ensino ( Doutorado, Mestrado , Especialização e Graduação em Direito), Extensão ( Coordenadora do Projeto Universidade sem Muros) e Pesquisa ( atua nas linhas de pesquisa Controle social, sistema de justiça penal , cidadania e direitos humanos) . Leciona as disciplinas Criminologia , Políticas Criminais, Sistema de justiça penal e operadores do Direito e Cidadania e Direitos Humanos. Pesquisadora do CNPq. Professora convidada em várias Instituições brasileiras de Ensino de Pós-Graduação e para assessorias governamentais em trabalhos relacionados à questão criminal.

Anúncios